ff

Carazinho.Net - blog@carazinho.net
quarta-feira, 31 de agosto de 2011
Justiça decreta falência de rede de mercados e postos de combustíveis no norte do Estado

Quando chegaram para trabalhar na manhã desta segunda-feira, os 236 empregados de dois postos de combustíveis e dois supermercados em Carazinho, e um supermercado em Palmeira das Missões, encontraram as portas fechadas. A Justiça de Carazinho, no norte do Estado, decretou a falência da rede Boa Vista e esta manhã as empresas foram lacradas. A medida foi tomada depois que a Justiça comprovou que os administradores deliberadamente provocaram uma situação financeira instável, em prejuízo dos credores.
 
O processo de recuperação judicial, que substituiu a antiga lei de falências, tem como objetivo reverter uma situação econômica delicada de uma empresa, mantendo os empregos e ao mesmo tempo conseguindo pagar os credores. A própria empresa ingressa com a ação e apresenta um plano de pagamento dos credores, que passa pela avaliação judicial.
 
Foi o que a rede Boa Vista fez, em maio de 2010. No entanto, conforme a juíza Marlene Marlei de Souza, os administradores da rede Boa Vista teriam se utilizado do recurso judicial para benefício próprio. Uma investigação, feita pela Delegacia de Polícia a pedido do Ministério Público, mostrou que pouco antes de ingressar com o processo de recuperação judicial a rede fez compras desproporcionais de valores expressivos, assumindo um compromisso com os credores que não pretendia cumprir.
 
Nos autos do processo, a empresa aponta dívida de R$ 20 milhões, mas apresentou um plano de pagamento dos credores mostrando que pretendia pagar apenas um terço do valor. O plano de pagamento não foi homologado pela juíza que, entendendo que havia fraude, optou por decretar a falência da rede.
 
— O processo foi criteriosamente analisado, a justiça tentou de todas as formas manter o funcionamento do negócio e os empregos, mas diante da comprovação das irregularidades isto não foi possível, já que os credores também têm famílias e empregados que dependem deles — salientou.
 
Com a falência da rede, a Justiça também decretou a indisponibilidade dos bens, incluindo o estoque. O procurador de justiça aposentado Nelson Patines foi mantido na condição de administrador judicial para gerir o patrimônio, arrecadando os bens das empresas que serão revertidos para o pagamento dos credores.
 
Segundo a juíza, os créditos trabalhistas terão prioridade. O caso ainda deve gerar um processo criminal, pois já possui inquérito policial.

Sócio da rede nega fraude
 
Um dos sócios da rede Boa Vista, Verno Leonhardt, negou que a empresa tenha cometido fraude e disse que o grupo vai recorrer da decisão.
 
— Para nós foi uma surpresa, estamos chocados. A empresa não praticou nenhum ato fraudulento. Houve várias presunções, mas nada foi provado. Nos submetemos a afastar toda a diretoria, mas pedimos que se mantenha o negócio.
 
Segundo ele, durante o período da recuperação judicial a empresa conseguiu passar o faturamento de R$ 2,8 milhões para R$ 4,5 milhões. Ele disse ainda que 82% dos credores concordaram com a proposta de pagamento e apenas aguardavam a homologação da Justiça para começar a receber.
 
— Fechar a empresa não traz benefício para ninguém, temos 236 empregos diretos, com carteira assinada. Temos no estoque alimentos perecíveis, sujeitos a vencimento. O que vale aqui não são os imóveis e prateleiras, mas o ponto, o negócio em si. Se fecharem vai haver perda pra todos — concluiu Leonhardt.

ZERO HORA

 

Postado por WM Internet as 13:17 e tem 0 comentarios
0 Comments:

Postar um comentário

Voltar ao blog



Posts mais recentes Posts mais antigos

 
Google
 

 

Últimos Posts

Sentido de ruas ainda causa transtornos
Embrapa busca organização do setor tritícola
Jovens querem reunir 1 milhão de assinaturas pelo ...
FERROVIA NORTE-SUL - Traçado irá passar por Erechi...
STARA EM CARAZINHO - Vereadores pedem apoio das en...
19 regras de etiqueta ao enviar email corporativo
Acidente com cinco mortes na BR 285
BR-386 Duplicação é a Solução: Faça parte deste Mo...
Gaúchos vão às urnas para definir demandas regiona...
Rio Grande do Sul pode ter neve nas próximas horas...

Arquivos

12/01/2010 - 01/01/2011 01/01/2011 - 02/01/2011 03/01/2011 - 04/01/2011 04/01/2011 - 05/01/2011 05/01/2011 - 06/01/2011 06/01/2011 - 07/01/2011 07/01/2011 - 08/01/2011 08/01/2011 - 09/01/2011 09/01/2011 - 10/01/2011 10/01/2011 - 11/01/2011 11/01/2011 - 12/01/2011 12/01/2011 - 01/01/2012 01/01/2012 - 02/01/2012 02/01/2012 - 03/01/2012 03/01/2012 - 04/01/2012 05/01/2012 - 06/01/2012 06/01/2012 - 07/01/2012 07/01/2012 - 08/01/2012 08/01/2012 - 09/01/2012 09/01/2012 - 10/01/2012 10/01/2012 - 11/01/2012 12/01/2012 - 01/01/2013 01/01/2013 - 02/01/2013 02/01/2013 - 03/01/2013 03/01/2013 - 04/01/2013 04/01/2013 - 05/01/2013 05/01/2013 - 06/01/2013 06/01/2013 - 07/01/2013 07/01/2013 - 08/01/2013 08/01/2013 - 09/01/2013 09/01/2013 - 10/01/2013 10/01/2013 - 11/01/2013 11/01/2013 - 12/01/2013 12/01/2013 - 01/01/2014 01/01/2014 - 02/01/2014 03/01/2014 - 04/01/2014 05/01/2014 - 06/01/2014 07/01/2014 - 08/01/2014 10/01/2014 - 11/01/2014 11/01/2014 - 12/01/2014 10/01/2015 - 11/01/2015 01/01/2016 - 02/01/2016

 

 

 

WM INTERNET